Piscina de chácara virou poço de lama após enxurrada (Paulo Bellini/Itapira News)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O forte temporal da noite de domingo (12) gerou transtornos a diversas famílias em Itapira.

Em um condomínio de chácaras no bairro rural do Machadinho, ao menos três imóveis foram invadidos pela enxurrada que também provocou a queda parcial de dois muros.

Em uma das chácaras, a piscina também foi tomada pela lama e muita sujeira. O proprietário estima um prejuízo em torno de R$ 8 mil com os danos.

“É uma chácara destinada ao lazer, tinha alguns amigos aqui quando a chuva forte começou. Fiquei com esse grande prejuízo”, comentou Antônio Carlos Ferreira, dono do espaço.

Boa parte do extenso muro da propriedade desabou com a força da água que desceu pelo terreno vizinho, depois que outro muro, nos fundos, também cedeu. A água continuou seu curso por trás das demais chácaras e também pela rua de terra, que ficou bastante prejudicada.

No final da via, ao menos mais duas chácaras também foram invadidas pela enxurrada. Em uma delas, a água barrenta tomou conta de todo o interior da residência. “A água subiu rapidamente e molhou todos os móveis, sujou tudo. Agora estamos limpando”, disse Ágatha Alves, que reside com os pais na casa.

A família reside há 20 anos no local e, de acordo com ela, foi a primeira vez que enfrentaram esse tipo de situação. Segundo a Defesa Civil, em menos de duas horas choveu cerca de 70 mm (milímetros) em Itapira, volume muito expressivo e que colocou a cidade em estado de atenção.

A Defesa Civil e a Secretaria Municipal de Serviços Públicos atuou no Condomínio ‘Recreio de Cima’ após os problemas com a chuva. A Prefeitura informou que as afamílias afetadas também receberão respaldo da Secretaria Municipal de Promoção Social e da Vigilância Sanitária.