Maradona estava aposentado desde 2018 (Arquivo/Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O cão farejador Maradona, que atuou por sete anos na equipe de Canil da GCM (Guarda Civil Municipal) de Itapira, morreu neste sábado (11).

Ele já estava ‘aposentado’ de suas funções policiais desde março de 2018 e seguia sob os cuidados de seu tutor, o guarda civil municipal Paulo Borges.

Ele o adotou em 2010, depois que o cão foi abandonado na região da Usina, e no ano seguinte inseriu o labrador no GOC (Grupo de Operações com Cães).

Maradona já vinha com a saúde debilitada há algum tempo. O cão foi sepultado em uma área do próprio Canil da GCM com direito a guardas perfilados no momento da despedida.

Guardas se despediram de labrador que fez parte da história do Canil (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Maradona foi pai de cinco filhotinhos também em 2018, frutos de seu ‘romance’ com a labradora Aisha, também integrante do Canil da GCM.

Ele fez fama ao se firmar como um dos melhores cães farejadores entre os canis policias da região, sendo escalado para inúmeras operações – especialmente aquelas realizadas para o combate ao tráfico de drogas.