Tatuzinho infelizmente não resistiu (Divulgação/Clínica Xodó)

O tatu-galinha resgatado de uma grande queimada ocorrida em Itapira infelizmente não resistiu e morreu na noite deste sábado (31).

O animal sofreu graves ferimentos em meio ao fogo que atingiu áreas de canavial e vegetação às margens da Rodovia SP-352 (Itapira-Jacutinga) na terça-feira (27).

Ele foi resgatado pela Patrulha Ambiental e pela Defesa Civil, sendo levado à Clínica Xodó, onde permaneceu em tratamento veterinário.

As chamas provocaram perda de tecido cutâneo e de todas suas garras, queimando suas orelhas, focinho, olhos, casco, pele e gerando uma grave infecção secundária, além de desidratação.

Domingues com o tatu – equipe tentou de tudo para salvá-lo (ItapiraNews)

Nos últimos dias, ele chegou a reagir bem ao tratamento. Apesar das esperanças e de todo o empenho da equipe da clínica, o médico veterinário Rodrigo Luiz Domingues já havia reforçado que o quadro ainda era bem delicado.

Ainda assim, na última sexta-feira (30) o tatu seguia respondendo bem às intervenções. Mas, na manhã deste sábado acabou piorando e não resistiu.

“Infelizmente ele morreu há pouco”, disse Domingues ao manter contato com a reportagem do Itapira News. “Hoje pela manhã notamos uma alteração em sua função renal, típico de pacientes com lesões por queimaduras, tanto em animais quanto em humanos”, disse.

O veterinário lamentou a morte do animal, que acaba se tornando um triste símbolo da tragédia ambiental provocada pelos incêndios florestais, que muitas vezes começam a partir da irresponsabilidade humana.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui