A fiscalização é feita com intuito de preservar a vida dos próprios motoristas e passageiros (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
A fiscalização é feita com intuito de preservar a vida dos próprios motoristas e passageiros (Divulgação)
A fiscalização é feita com intuito de preservar a vida dos próprios motoristas e passageiros (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

A Operação Natal, realizada nas rodovias paulistas durante os dias 24 e 27 de dezembro, reduziu em 20% o número de vítimas fatais em acidentes de trânsito. A ação é coordenada pelo Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv) da Polícia Militar.

Na comparação com o mesmo feriado de 2014, foram quatro mortes a menos. Este ano, houve 16 vítimas fatais contra 20 do ano anterior, em que o feriado caiu numa quinta-feira. Ao todo, foram aplicadas 14.996 autuações, sendo 2.997 por não utilizar cinto de segurança ou equipamento de proteção para crianças (como a cadeirinha, por exemplo) e 1.575 por ultrapassagens em local proibido.

A fiscalização é feita com intuito de preservar a vida dos próprios motoristas e passageiros. A PM retirou de circulação 374 veículos irregulares ou que transitavam sem condições de segurança. Onze motoristas foram presos em flagrante por dirigirem embriagados, sendo que 460 foram notificados por dirigir sob efeito de álcool.

Para evitar acidentes, a PM autuou 22 mil veículos por excesso de velocidade – o que pode colocar em risco a vida de motoristas e pedestres. Por fim, 1.913 documentos diversos foram apreendidos. Além da prevenção, os patrulheiros também atuam no âmbito criminal.

Foram presos em flagrante 32 pessoas por diversos crimes, além de cinco foragidos da Justiça, que foram detidos e reconduzidos ao sistema prisional. Os policiais recuperaram 17 veículos roubados ou furtados e apreenderam 120 quilos de maconha. Neste ano, apenas a Polícia Militar Rodoviária já apreendeu 82 toneladas do entorpecente – 128% a mais do que em todo ano de 2014 (36 t).