Carro ficou irreconhecível após grave acidente (Rodrigo Dias Braga-/Portal Mogi Guaçu)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Alair Junior/Portal Mogi Guaçu

Carro ficou irreconhecível após grave acidente (Rodrigo Dias Braga-/Portal Mogi Guaçu)
Carro ficou irreconhecível após grave acidente (Rodrigo Dias Braga-/Portal Mogi Guaçu)

O motorista Ednilson Bento de Souza, 41, morador em Pouso Alegre (MG), morreu após um acidente ocorrido na rodovia SP-340 (Mogi Guaçu/Aguaí), na madrugada desta segunda-feira (5). Ele dirigia o caminhão Ford Cargo, prata, carregado de batatas, em direção a Mogi Guaçu, quando colidiu contra a traseira do carro Honda Civic, prata, placas de Mogi Mirim, dirigido por Eliane Maria Rodrigues Aranha, 41, moradora do Jardim Scomparim. O acidente aconteceu à 1h20, no quilometro 179, perto do trevo de Estiva Gerbi (SP).

Com a batida, os dois veículos foram parar no canteiro central sendo que o caminhão tombou sobre o carro. O motorista morreu na hora e o corpo dele ficou preso nas ferragens da cabine. A equipe de resgate da Renovias (empresa que administra a rodovia) socorreu quatro ocupantes do carro e pediu ajuda aos Bombeiros, que desencarcerou o corpo do motorista do caminhão enquanto o resgate era realizado.

Cabine do caminhão em que estava Ednilson ficou totalmente destruída (Rodrigo Dias Braga/Portal Mogi Guaçu)
Cabine do caminhão em que estava Ednilson ficou totalmente destruída (Rodrigo Dias Braga/Portal Mogi Guaçu)

Eliane e os demais ocupantes tiveram ferimentos leves e foram encaminhados até a Santa Casa de Mogi Guaçu (SP). Porém, quando os Policiais Rodoviários Zoubaref e Barros chegaram ao hospital apenas dois passageiros do carro foram identificados: o mecânico Claudeir Bomiol, 25, morador do Seac, e o técnico de futebol Márcio de Azevedo, 44, morador do Residencial Europa, ambos em Mogi Mirim.

Segundo a equipe médica, Eliane e um terceiro homem, que não foi identificado no boletim de ocorrência, já haviam deixado o hospital. O local foi periciado e o boletim de ocorrência foi registrado no plantão Permanente da Polícia Civil, que instaurou inquérito para apurar a causa do acidente.