Palio utilizado em ações criminosas agora foi apreendido (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Uma mulher de 27 anos foi presa em flagrante nesta sexta-feira (24) em Itapira, acusada de integrar uma quadrilha que vem praticando diversos roubos contra estabelecimentos comerciais na cidade.

Segundo investigação conduzida pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Itapira, ela agia dando cobertura aos comparsas que entravam nos comércios e praticavam os roubos.

Enquanto isso, a mulher aguardava nas proximidades com seu carro, um Fiat/Palio, e dirigia durante as fugas. O veículo, inclusive, é o mesmo encontrado anteontem por guardas civis municipais e policiais militares em uma estrada rural no bairro Cercado Grande.

Na ocasião, a informação era de que o carro havia sido roubado momentos antes e utilizado em um assalto contra uma padaria na Vila Ilze, bem como em outros roubos.

Agora já se sabe que tudo não passou de um disfarce da própria quadrilha, já que as autoridades já estavam em busca de um veículo Palio vermelho que participava dos crimes. A prisão nesta sexta-feira aconteceu depois que a quadrilha fez mais um assalto contra um beer na região do Istor Luppi.

Três indivíduos chegaram ao local e renderam o proprietário de 71 anos, roubando cerca de R$ 300, além de um tabuleiro de jogos avaliado em R$ 400. Um deles estava armado.

Quando os ladrões deixavam o estabelecimento, um motociclista amigo da vítima que passava pelo local percebeu a ação, seguiu os marginais que correram até uma rua próxima e viu quando eles entraram no Palio, fugindo em seguida.

Faca foi encontrada dentro do carro da mulher (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Nesse momento, equipes da Polícia Militar foram comunicadas e iniciaram patrulhamento pela região. Enquanto isso, os investigadores do SIG Lígia e Lenhari também já se movimentavam desde o início da tarde.

Inclusive, uma campana foi feita próxima à residência da acusada, justamente em razão das suspeitas levantadas a partir das investigações. Pouco tempo após o roubo, o carro foi avistado por uma guarnição da Polícia Militar na Avenida João Brandão Júnior, bem perto da rua em que a mulher reside, no Jardim Macucos.

Ela estava sozinha no carro e ao perceber a presença da viatura chegou a acelerar e tentar escapar, mas foi alcançada e acabou parando o veículo. A mulher ainda se fez de desentendida, mas logo caiu em contradição, sendo levada à Delegacia de Polícia.

Ela também foi prontamente reconhecida, pelo motociclista que testemunhou o roubo, como sendo a motorista do carro que deu fuga aos assaltantes.

Já de posse de todas as informações e contexto geral da situação, o delegado titular Anderson Cassimiro de Lima determinou sua prisão em flagrante.

Ela deverá responder por roubo e associação criminosa. Os outros integrantes da quadrilha seguem em investigação e a expectativa é que novas prisões ocorram brevemente na cidade.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui