Tiago foi preso em flagrante após crime bárbaro (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Um homem de 30 anos foi preso nesta terça-feira (17) acusado de estuprar e esfaquear uma mulher de 59 anos em Mogi Guaçu.

O crime aconteceu durante a madrugada, quando ele invadiu a casa da vítima. Depois de cometer os crimes bárbaros, ele fugiu levando dinheiro, joias e objetos pessoais da mulher.

O caso aconteceu no Jardim Artigiani. Tiago Romualdo da Rosa foi preso em sua casa, em outro bairro da cidade – o Jardim São Francisco.

Ele foi encontrado pela GCM (Guarda Civil Municipal) depois que vizinhos passaram as características de um homem que havia ido à residência no dia anterior para prestar um serviços à mulher. Outro homem também foi detido e sua participação no crime é investigada.

O crime ocorreu por volta das 3h30, mas somente foi percebido pela manhã, às 7h30, quando um pedreiro que estava trabalhando na casa chegou ao local e se deparou com a vítima caída em um dos cômodos.

O portão e a porta da sala estavam arrombados. O pedreiro acionou o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, que socorreu a vítima. A mulher continua internada. Segundo a imprensa guaçuana, o acusado confessou o crime e ainda deu detalhes da barbárie cometida contra a vítima.

Ele foi autuado em flagrante por estupro e tentativa de latrocínio pela delegada Juliana Menardo, sendo recolhido à UDTE (Unidade de Detenção, Triagem e Encaminhamento), onde permanece à disposição da Justiça.