Maurício Guil venceu concurso nacional (Divulgação)

O músico itapirense Maurício Reis Guil, 27, venceu o concurso nacional ‘Samba & Violão em Casa’, realizado entre os meses de junho e julho pela empresa Yamaha Brasil.

A vitória do violinista foi consagrada durante uma transmissão ao vivo no dia 27 de julho, quando foi declarado o vencedor do concurso após encarar outros dois concorrentes na fase final.

O prêmio, além do reconhecimento por ter vencido um concurso nacional e de grande importância na modalidade, foi um violão da Yahama, modelo NCX1.

“Fiquei bem surpreso e feliz quando anunciaram meu nome, tanto pelo fato de ter ganhado um bom violão como premiação, mas principalmente pelo reconhecimento do meu trabalho nesses quase 10 anos que me dedico a estudar violão popular e violão solo”, comenta Guil.

A competição foi composta por duas fases. A primeira consistia em cada candidato criar um arranjo sobre uma harmonia já definida pela organização e a, partir disso, gravar ao vivo e divulgar nas redes sociais.

Maurício foi um dos três escolhidos entre mais de 100 músicos do Brasil, passando para a segunda etapa, quando os classificados receberam outra harmonia para criarem e gravarem outro arranjo.

“A segunda gravação eu acabei fazendo um pouco na correria e sem conseguir me dedicar tanto quanto na primeira, apesar disso gostei do resultado. Não estava muito confiante em receber o prêmio, pois sabia que os outros dois músicos que estavam comigo na final eram excelentes instrumentistas, mas mesmo assim ainda tinha uma esperança de ganhar”, acrescenta o itapirense.

O concurso contou com jurados conhecidos dentro do universo musical, como Fejuca, Walmir Borges e Fábio Lima, além de um representante da Yahama. Maurício competiu contra Helton Fagundes, de São Paulo (SP), e Fabrício Cunha, de Ponta Grossa (PR).

“A sensação que fica mesmo é a gratidão por ter tido meu trabalho reconhecido em meio a tanta gente boa que se inscreveu no concurso. Acho muito importante esse tipo de iniciativa porque da uma força pra gente continuar trabalhando com música e arte que sabemos que são ofícios muito pouco valorizados dentro do Brasil e são postos de trabalho que sofreram muito nesse momento de pandemia”, acrescenta o músico.

  • PAIXÃO

O amor de Maurício pela música vem desde a infância. Aos seis anos já fazia aulas de piano, anos depois começou a tocar violão e guitarra, formando diversas bandas locais, até ingressar e se formar no curso superior em música pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), onde também ingressou para o mestrado em 2020.

Para outubro deste ano está previsto o lançamento de seu primeiro disco, batizado de ‘Solo Nascente’, que será disponibilizado em todas as plataformas digitais e também em formato física.

“Gravei em Campinas, Estúdio Mário Porto, com direção musical do violonista e compositor Ulisses Rocha. É um disco com 11 composições autorais minhas para violão solo”, completa o músico.

Para mais informações sobre o músico é possível o acompanhar em seus perfis oficiais no Instagram, Facebook e também Youtube.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui