Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Clínica Xodó – Assistência Veterinária, em parceria com a Patrulha Ambiental, lançou uma campanha que tem por objetivo conscientizar a população sobre a importância de transportar corretamente seus animais de estimação em veículos automotores.

A iniciativa visa garantir que os pets, especialmente cães e gatos, não sejam expostos a riscos que podem ser evitados com a adoção de algumas medidas simples durante o trajeto. A ação prevê até mesmo a distribuição gratuita de adesivos que alertam sobre a presença de animais nos veículos.

Sócia do estabelecimento ao lado do esposo e veterinário Rodrigo Domingues, a empresária Sheila Domingues lembra ainda que a legislação vigente prevê sanções para quem não segue as normas. Além disso, os infratores também colocam em risco a própria vida e a de terceiros ao transportar animais em seus veículos sem adotar as práticas corretas.

De acordo com Sheila, a campanha tem cunho educativo, já que muitas pessoas acabam não cumprindo as regras apenas por desconhecimento. “No caso do transporte de gatos, por exemplo, a caixinha é a melhor recomendação, uma vez que os felinos são mais ariscos e quando se assustam podem fugir para locais mais altos como muros e árvores, ficando assim mais difícil de resgatá-los do que se um cachorro se assustasse e fugisse para a rua”, comenta.

Clínica Xodó produziu adesivos para distribuir gratuitamente ao público (Reprodução)

É importante lembrar que as caixinhas também devem ficar presas ao cinto de segurança. No caso dos cães, uma das alternativas é o uso de cintos específicos, medida que também garante maior segurança ao animal.

O acessório pode ser encontrado em pet shops e em agropecuárias – estando também à disposição na Clínica Xodó em diversos modelos e tamanhos, com opção de regulagem para adequação ao porte do animal.

Algumas medidas práticas também podem ser adotadas para evitar acidentes – uma das principais é manter os vidros fechados ou somente com frestas abertas quando um animal estiver sendo transportado em seu interior, já que eles podem pular ou mesmo cair ao tentar colocar a cabeça ou parte do corpo para fora.

“Em um caso assim, o pet pode até mesmo se enforcar se estiver preso com a coleira ao banco. Situações em que o animal fica solto no carro também não são seguras, já que pode provocar distração no motorista”, enfatiza Sheila.

  • LEGISLAÇÃO

O chefe da Patrulha Ambiental, Rogério Oliveira, salienta que o transporte irregular de animais em veículos automotores pode gerar multas e dor de cabeça ao condutor. As sanções variam de acordo com a gravidade das infrações, englobando multas e pontuações na carteira de habilitação, além da apreensão administrativa do veículo.

“A legislação conta com artigos específicos que versam sobre o transporte de animais. Os motoristas devem observar e seguir com rigor as medidas de segurança. Essa campanha da Clínica Xodó é extremamente importante e necessária para conscientizar sobre esse assunto”, frisa Oliveira.

  • ADESIVOS
Sheila e Rogério junto à placa que alerta para a presença de pessoas com animais próximo à clínica (Divulgação)

Os adesivos estão à disposição para retirada gratuita na Clínica Xodó, à Rua 13 de Maio, 547. A distribuição ocorre durante todo o mês de junho.

“É como o adesivo de bebê a bordo, funciona para indicar que o veículo pode em algum momento do dia estar transportando um animal, sinalizando assim aos outros motoristas para que possam manter uma distância segura”, destaca Sheila.

Além disso, também em parceria com a Patrulha Ambiental, foi confeccionada uma placa que alerta para a presença constante de pessoas com animais nas proximidades do estabelecimento veterinário.

O dispositivo já foi instalado. Mais detalhes sobre as atividades da Clínica Xodó podem ser obtidas pelo telefone (19) 3843-6639, pela página oficial no Facebook ou no perfil do Instagram.