Coletivo da Fênix na Avenida Rio Branco, região central: tarifa mais cara (Arquivo)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Começou a vigorar nesta segunda-feira (4) a nova tarifa do ônibus circular urbano, fixado em R$ 3,95 por meio de decreto assinado na última sexta-feira (1) pelo prefeito José Natalino Paganini (PSDB). O novo valor é válido para todos os usuários dos coletivos da Expresso Fênix que pagam a passagem na catraca, bem como para aqueles que utilizam cartões pré-pagos no sistema de bilhetagem eletrônica. 

Até então, a tarifa que vinha sendo cobrada era de R$ 3,70. Inicialmente, o reajuste seria maior, com a passagem indo a R$ 4,19, mas a administração recuou e reduziu o percentual. O aumento é previsto no contrato entre o município e a operadora do transporte, que venceu a licitação para explorar o serviço durante os próximos 15 anos. 

A mudança no valor do reajuste, segundo divulgado pela Prefeitura, ocorreu depois de reunião entre o prefeito e vereadores governistas, que consideraram que o percentual maior não seria adequado neste momento. “Conseguimos chegar a uma tarifa que será muito mais adequada para nossa população, sem que isso signifique perda da qualidade dos novos serviços anunciados pela empresa”, disse Paganini.

A Fênix tem anunciado diversos investimentos na qualidade dos ônibus, implantando inovações tecnológicas como rede wi-fi, câmeras de videomonitoramento e até aplicativo que permite ao usuário consultar a localização e o tempo estimado de espera do circular. Até o próximo mês, a concessionária também vai incorporar mais quatro ônibus novos à frota local, aumentando os horários atendidos, conforme informado recentemente via assessoria de imprensa.