Novo aterro começa a ser construído, informa Prefeitura (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Prefeitura Municipal de Itapira informou que as obras de construção do novo aterro sanitário começarão no próximo dia 25 de março, segunda-feira. De acordo com a administração, o novo aterro ocupará uma área de 6,4 hectares localizada na Rodovia SP 352, km 175 (Itapira x Jacutinga), ao lado do aterro atual.

“Nesta primeira etapa, os trabalhos serão concentrados na limpeza e terraplenagem para preparação da primeira e segunda camada, com investimento de aproximadamente R$ 510.000,00 conforme concorrência pública realizada para tal finalidade”, explica nota emitida pela Prefeitura.

Ao todo, ainda de acordo com a administração, o novo aterro exigirá um investimento de R$ 20 milhões ao longo de sua vida útil, que deve ser de aproximadamente 20 anos. O estudo do projeto executivo do novo aterro concluiu que Itapira gera hoje aproximadamente 60 toneladas de resíduos orgânicos ao dia, sendo que todo esse material possui uma destinação correta.

“O atual aterro sanitário está completando 20 anos utilizando a mesma área, evitando a deteriorização da saúde ambiental e, consequentemente, da saúde pública. A operação do empreendimento ocorre conforme a legislação vigente e sob fiscalização do órgão ambiental estadual Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), que após análise confirmou que o local está apto a continuar recebendo os resíduos orgânicos”, destaca a Prefeitura.

Montagem mostra área onde será implantado o novo aterro sanitário (Divulgação)

Ao longo dos últimos quatro anos, a administração vem trabalhando no licenciamento da nova área anexa ao atual aterro. No segundo semestre de 2018, foi concedida a licença prévia e de instalação, após o cumprimento de inúmeras exigências técnicas como elaboração de estudos, projetos básico e executivo que demostraram a viabilidade técnica, econômica e ambiental.

Com o início das obras do novo aterro, a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente dará início à solicitação das licenças de operação junto à Cetesb. Após a emissão do documento, o local já estará liberado para disposição de resíduos.

“Os projetos desse novo empreendimento foram muito bem estruturados aproveitando praticamente toda a área disponível e seguindo os moldes tecnológicos de conceitos sobre os aterros sanitários. Foram quatro anos de trabalho incansáveis para chegarmos a mais esta conquista que não é só da Prefeitura e sim de toda população itapirense”,  declara o secretário da pasta, José Alair de Oliveira.