Vacinação começou sábado, mas foi interrompida
Publicidade - Anuncie aqui também!
Vacinação começou sábado, mas foi interrompida
Vacinação começou sábado, mas foi interrompida
Publicidade - Anuncie aqui

A Divisão de Vigilância Epidemiológica de Itapira informou que a vacinação contra a gripe será regularizada na quarta-feira (4) em todas as Unidades Básicas de Saúde do município.

O primeiro lote de vacinas se esgotou rapidamente no sábado (30), primeiro dia da campanha nacional que visa imunizar contra os vírus da Influenza A, entre eles o H1N1. Em cidades da região, o mesmo problema foi constatado.

Balanço divulgado nesta segunda-feira (2) pela Divisão apontou que o primeiro lote foi suficiente para vacinar 1.561 crianças, 153 gestantes, 35 puérperas, 389 trabalhadores da saúde e 2.920 idosos. “Ainda não estão inclusos nesses números os trabalhadores de saúde de instituições privadas e os acamados que foram imunizados no sábado”, comentou a chefe da pasta, Josemary Apolinário Cipola.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a nova remessa de vacinas será disponibilizada pela DRS (Diretoria Regional de Saúde) de São João da Boa Vista (SP) nesta terça-feira (3). A previsão é que o lote seja semelhante ao primeiro, com aproximadamente 5.700 doses. “Todo ano recebemos a vacina aos poucos, a diferença é que nesse ano a procura está grande. Nos anos anteriores quando recebíamos o segundo lote ainda havia um pouco do primeiro sobrando”, explicou Josemary.

Nesta semana ainda será preconizado o atendimento do primeiro grupo: idosos com idade superior a 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (que deram à luz até 45 dias ou abortaram) e trabalhadores da saúde. A partir de segunda-feira (9) a imunização também será ofertada para pacientes com comorbidades ou indicações médicas, funcionários do sistema prisional e população carcerária. A Campanha Nacional de Vacinação segue até o dia 20 de maio em todo o país, com meta de cobertura estabelecida pelo Ministério da Saúde de 80% do público alvo.