PM conduziu negociação em ocorrência delicado na Vila Ilze
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Depois de pouco mais de duas horas de tensão, a ocorrência envolvendo um homem em surto psicótico que ameaçava cometer suicídio em uma residência nas proximidades da Avenida São Paulo terminou com desfecho positivo.

A Polícia Militar conseguiu concluir as negociações com o cidadão, que foi socorrido pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e conduzido a um hospital psiquiátrico.

O comandante da Polícia Militar de Itapira, Capitão Fábio Vieira, confirmou que o homem não chegou a fazer ninguém refém – essa informação havia chegado às autoridades no início da ocorrência e a família também contestou.

“Ele tem problemas psiquiátricos, caiu e se feriu mais cedo e foi levado ao Pronto Socorro, onde estava sendo medicado. Quando soube que seria internado, se evadiu do local e voltou pra casa, e foi quando tudo começou. Passou a fazer ameaças à família, estava transtornado e com uma faca na mão. Em um momento de distração conseguimos contê-lo e concluímos a ocorrência cumprindo nosso objetivo de preservar sua integridade física”, comentou o oficial.

Capitão Fábio Vieira coordenou operação com negociações (Paulo Bellini/Itapira News)

A ocorrência começou por volta das 17h00 e mobilizou equipes da PM de Itapira e de Mogi Guaçu, além da GCM (Guarda Civil Municipal), que já chegou ao local logo que o homem deixou o Pronto Socorro.

O trânsito na região foi interditado e, momentos depois, a PM assumiu a ocorrência para conduzir a negociação. As equipes do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) se mantiveram de prontidão durante todo o tempo.

Texto atualizado às 19h12.