Flaconetes vazios foram apreendidos na casa em que a mulher estava (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Um trabalho coordenado pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Itapira, sob o comando do delegado titular Anderson Cassimiro de Lima, culminou na prisão de uma mulher na manhã desta sexta-feira (14).

Com ela foram encontrados cerca de 12 mil flaconetes comumente utilizados para acondicionar cocaína – todos vazios, ainda lacrados – além de talões de receituário médico de controle especial, bem como um carimbo de um médico de Campinas (SP).

Segundo o delegado, parte dos receituários e o carimbo são produtos de furto ocorrido em um consultório no município campineiro, com o profissional já sendo comunicado sobre a localização dos documentos.

Receituários também indicaram possível falsidade ideológica (Paulo Bellini/ItapiraNews)

A mulher foi detida durante cumprimento de mandado de busca e apreensão em uma residência na região do Jardim Galego. O alvo da operação era um homem, que seria seu companheiro, mas que não estava no local.

“É um homem já conhecido nos meios policiais pelo envolvimento em diversos crimes. A operação foi resultado de um trabalho de investigação do SIG e agora ele é considerado foragido”, disse o delegado titular.

A mulher recebeu voz de prisão e foi levada à Delegacia de Polícia. De acordo com o delegado, ela foi autuada sob a acusação de receptação, falsidade ideológica, falsificação de documento particular e também em crime relacionado ao armazenamento de insumos e apetrechos para distribuição de entorpecentes.

Publicidade - Anuncie aqui