O prefeito José Natalino Paganini (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O prefeito José Natalino Paganini (PSDB) disse hoje que pretende seguir a decisão da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) sobre a antecipação ou não do feriado de 9 de julho para a próxima segunda-feira (25).

O projeto enviado ao parlamento paulista pelo governador Joao Doria (PSDB) será votado nesta quinta-feira (21). Caso seja aprovada pelos deputados, a medida valerá para todo o Estado de São Paulo.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

O objetivo é aumentar a taxa de isolamento, que tem ficado abaixo das expectativas, só aumentando nos feriados e finais de semana. As autoridades veem no isolamento social uma forma importante de diminuir a propagação do novo coronavírus e evitar um colapso no sistema de saúde.

“Tenho certeza que esse projeto passará (na votação da Assembleia Legislativa) e nós vamos seguir. Se realmente esse projeto for aprovado, vamos soltar um decreto antecipando o feriado de 9 de julho também para o dia 25 deste mês”, disse Paganini.

O prefeito disse ainda que, embora exista orientação do governo estadual, não pretende antecipar os feriados municipais em Itapira – caso de 8 de setembro (Dia da Padroeira – Nossa Senhora da Penha) e 24 de Outubro (Aniversário de 200 anos da Cidade).

  • CAPITAL

Na cidade de São Paulo, a Câmara Municipal já aprovou projeto enviado pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) que propôs a antecipação de dois feriados municipais: o de Corpus Christi, em junho, e o da Consciência Negra, em novembro. As datas foram antecipadas para esta quarta-feira (20) e quinta-feira (21).

Com a decretação de ponto facultativo na sexta-feira (22) e na esperança da aprovação do projeto enviado à Alesp pelo governador, a cidade teria então um feriado prolongado – ou mega-feriado, como foi classificado, entre esta quarta-feira e a próxima segunda.