Eliane se mostrou indignada com atendimento; empresa promete apurar (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A cuidadora de idosos Eliana Bernardes, 39, acionou a reportagem do Itapira News para manifestar descontentamento com serviço de transporte público em Itapira, coordenado pela empresa Fênix.

Segundo ela, na última quarta-feira (20) um dos coletivos que fazem a linha Cubatão/Figueiredo permaneceu cerca de 40 minutos parado na Estação Rodoviária, com as portas fechadas e diversos passageiros no interior do veículo.

De acordo com Eliana, ela embarcou no ônibus por volta das 18h30 e chegou à Rodoviária dez minutos depois. “O motorista desceu, fechou as portas e ficamos esperando. Mas não vimos mais ninguém da empresa, e só às 19h30 parou outro ônibus e veio outro motorista e aí continuou a viagem”, relatou.  Ela contou ainda que estava muito calor e que alguns passageiros até se sentiram mal.

“Começou a chuviscar, ficou muito mormaço dentro do ônibus e as janelas abrem só um pouco. E não é a primeira vez que isso acontece, já aconteceu antes. Ao que parece, os motoristas estão sobrecarregados também, mas precisamos que isso seja resolvido. Antes tudo funcionava certinho, agora é um descaso danado. Assim como outras pessoas, eu dependo do ônibus para ir trabalhar e voltar pra casa”, afirmou.

  • OUTRO LADO

A reportagem manteve contato com a assessoria de imprensa da Expresso Fênix, empresa responsável pelo transporte público em Itapira. Em nota, a companhia informou que iria apurar o problema e adotar providências para que a situação relatada pela usuária não volte a ocorrer.