Animais foram recolhidos em ação da Patrulha Ambiental (Divulgação)

A Patrulha Ambiental de Itapira fez a apreensão de dois cavalos que estavam soltos em vias públicas na região dos bairros Jardim Soares e Nosso Teto.

Os animais foram recolhidos e colocados em um abrigo da Prefeitura, podendo ser restituídos aos proprietários somente após pagamento multa e também de diária do abrigo.

Caso isso não ocorra, os animais poderão ser destinados a leilão. Um dos cavalos foi apreendido após denúncia de que um equino doente estaria próximo à Avenida Henriqueta Soares.

Equipes da Patrulha Ambiental com apoio da Defesa Civil e da GCM (Guarda Civil Municipal) foram averiguar e constataram a presença do cavalo. Porém, o animal não apresentava sinais de doença ou de maus tratos.

No mesmo momento, outro cavalo surgiu nas proximidades. As equipes tiveram trabalho, mas conseguiram capturar os animais já nas proximidades da Rua Pedro Mandato.

“Os donos de animais de grande porte precisam se conscientizar da importância de manter esses animais presos, porque podem causar um acidente grave no trânsito, ou até machucar algum transeunte”, alerta Anita de Cássia Sbegue, coordenadora da Patrulha Ambiental.

De acordo com ela, neste caso a operação foi encabeçada pela Patrulha Ambiental pelo fato da denúncia envolver suposta situação de maus tratos, que acabou não se confirmando.

Ela reitera que, quando o caso não envolve maus tratos, a responsabilidade pela fiscalização de animais soltos em vias públicas é da Divisão de Fiscalização de Posturas.

Publicidade - Anuncie aqui