Jabutis foram resgatados pela Patrulha Ambiental (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Patrulha Ambiental de Itapira apreendeu dois jabutis que foram anunciados para venda em grupos na rede social Facebook. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (8).

Após receber denúncias sobre o anúncio, o chefe do órgão, Rogério Oliveira, e o agente Lucas Hamaguti, se deslocaram a uma residência no bairro Achiles Galdi.

Com apoio da GCM (Guarda Civil Municipal) composta pelos guardas Leite e Da Silva, a pessoa responsável foi comunicada de que a venda dos animais silvestres configurava crime. Os jabutis, que eram mantidos em cativeiro sem autorização, estavam sendo anunciados por R$ 450,00.

Trata-se de um casal de jabutis. “Ela disse que havia comprado os animais há cerca de dois anos, e como não tinha mais condições de ficar com eles, resolveu vendê-los”, disse Oliveira.

De acordo com ele, a pessoa será autuada em R$ 1 mil com base na Lei Municipal de Combate a Maus Tratos. O caso também foi encaminhado à Delegacia de Policia para ser apurado de acordo com a Lei Federal de Crimes Ambientais.

“Vale ressaltar que quem tem a posse de animais silvestres de forma irregular deve procurar os órgãos competentes e realizar a entrega voluntária para evitar multas e outras penalidades”, ressaltou Oliveira.