Gaiolas e armadilhas foram apresentadas na Delegacia de Polícia (Divulgação/Patrulha Ambiental)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Uma denúncia anônima levou a Patrulha Ambiental a realizar nova apreensão de pássaros silvestres em Itapira.

O caso aconteceu na última quinta-feira (3) e, desta vez, também houve apreensão de armadilhas para captura de aves.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Ao chegar no local, na Rua José Cairos de Freitas, Vila Penha do Rio do Peixe, a equipe de patrulheiros já se deparou com uma gaiola que prendia um canário-da-terra.

Anexo à gaiola havia uma armadilha tipo alçapão, já armada, pronta para o uso. Dentro do imóvel foram localizadas mais nove aves silvestres, sendo dois bigodinhos, um tico-tico-rei e seis canários-da-terra, além de mais oito armadilhas guardadas em um cômodo.

As aves, armadilhas e o responsável por tudo – um homem de 64 anos – foram conduzidos à Delegacia de Polícia, onde foi lavrado boletim de ocorrência nos termos da Lei de Crimes Ambientais

De acordo com o chefe da Patrulha Ambiental, Rogério Oliveira, o homem também será autuado de acordo com a Lei Municipal de Combate a Maus Tratos Contra Animais, com multa estimada em R$ 6 mil.