A Patrulha Ambiental de Itapira resgatou uma cadelinha que estava vivendo em situação de maus tratos nos fundos de um imóvel na Rua Paraguai, no Jardim Raquel.

Outra cadela que também seria de responsabilidade dos moradores, mas que vivia solta nas ruas e não era castrada, também foi recolhida.

A operação foi conduzida pelas agentes Anita e Paula com apoio de equipes da GCM (Guarda Civil Municipal) na tarde desta sexta-feira (11).

A cadela que estava em situação mais crítica vivia acorrentada em um pequeno cômodo inacabado no quintal, em meio a muita sujeira, e comia restos de comida que eram colocados direto no chão.

Cadelinhas foram resgatadas em situação de maus tratos no Jardim Raquel (ItapiraNews)

A outra cadelinha que ficava solta já teria dado cria diversas vezes e ninguém nem mesmo tem informações sobre os filhotes. Segundo a Patrulha Ambiental, os dois animais serão avaliados e a que ainda não é castrada será submetida à cirurgia.

Depois disso, ambas serão disponibilizadas para doação pela Uipa (União Internacional Protetora dos Animais) de Itapira. O caso chegou ao conhecimento do órgão após denúncias.

Os moradores chegaram a ser notificados, mas não adotaram qualquer providência. Agora, a responsável pelo imóvel deverá ser multada e responderá por maus tratos.

Ação da Patrulha Ambiental teve apoio de guardas civis municipais (ItapiraNews)

Publicidade - Anuncie aqui