Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Defesa Civil de São Paulo acaba de adotar uma ação inovadora: qualquer cidadão residente no Estado pode se cadastrar para receber alertas de risco de desastres naturais direto no celular, gratuitamente, por mensagens de texto. Essa prática já é bastante comum nos Estados Unidos e Japão, onde há, com certa frequência, furacões e terremotos.

A medida vai ajudar a salvar vidas em casos de chuvas fortes, enchentes, deslizamentos, incidência de raios e outros fenômenos causados por eventos meteorológicos. O sistema foi desenvolvido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e está sendo implantado em São Paulo pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC/SP). Ele já funciona desde junho no Paraná e em Santa Catarina, onde foi implantado como projeto piloto.

No território paulista, terá capacidade para alcançar os 42 milhões de celulares ativos. “Ter essa comunicação direta com a população sempre foi um anseio nosso. Mas, para o sistema ter sucesso, é preciso a adesão das pessoas”, diz a coronel Helena dos Santos Reis, secretária-chefe da Casa Militar e coordenadora estadual de Defesa Civil. “Ninguém precisa se preocupar com spam. Os alertas são regionalizados e enviados realmente quando há necessidade”, completou.

Como funciona?

Para se cadastrar, a pessoa só precisa enviar um SMS para o número 40199, escrevendo o CEP de interesse. Para cadastrar mais de um CEP, é necessário enviar uma mensagem por vez. Não há limite para a quantidade de CEPs que podem ser cadastrados. Com isso, o cidadão passa a receber alertas sempre que a Defesa Civil identificar uma situação de risco na área que abrange o CEP indicado. Os alertas são curtos, com até 160 caracteres, e visam apenas informar sobre um possível risco.

A qualquer momento, a população pode buscar informações detalhadas no site da Defesa Civil estadual (www.defesacivil.sp.gov.br), incluindo orientações sobre o que fazer em cada situação. A vantagem do sistema SMS é que ele é acessível nos celulares mais simples, sem necessidade de smartphones ou pacote de dados. Por isso, seu alcance é potencialmente maior.