Nova máquina veio em comboio que chamou atenção na cidade (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade - anuncie aqui

O Grupo Penha S/A recebeu nesta terça-feira (29) um novo equipamento, importado do Japão, que elevará ainda mais a capacidade de produção da empresa itapirense.

A máquina, uma impressora flexográfica, foi produzida pela Mitsubishi Heavy Industries, de quem a Penha já adquiriu outras duas máquinas.

Um comboio com seis caminhões escoltados trouxe o maquinário separado em contêineres desde o Porto de Santos.

Na cidade, a GCM (Guarda Civil Municipal) deu suporte à operação e o caminhão da Brigada de Incêndio da Penha, ornamentado com as bandeiras dos Brasil, do Estado de São Paulo e de Itapira, conduziu as carretas até a empresa.

A direção da Penha preferiu não divulgar o valor do investimento. A expectativa é que o novo equipamento comece a funcionar em maio.

“Essa máquina é o que tem de mais moderno para a fabricação de papelão, hoje, no mundo, e trará uma grande inovação que é a capacidade de produzir duas caixas para cada chapa, então vai chegar à incrível velocidade de 700 caixas por minuto quando estiver produzindo caixas menores”, comentou o diretor adjunto de embalagens da Penha, David Anunciato.

De acordo com o diretor industiral de embalagens, Rubelene Galvão Albano, as instalações da unidade precisaram passar por uma grande alteração no layout para preparar a instalação da nova impressora. “Será uma linha de produção muito moderna, realmente inovadora, com uma produtividade sem igual”, destacou.

O comboio chegou em Itapira pela Rodovia SP-147 e ingressou na SP-352, tomando a alça da Avenida Brasil e acessando a Avenida dos Juritis, nos Prados. De lá, os caminhões trafegaram por toda a extensão da Avenida dos Italianos até chegar à Avenida Comendador Virgolino de Oliveira, entrando na Rua Funabashi Tokuji para finalmente chegar à Penha.

Print Friendly, PDF & Email
Publicidade - Anuncie aqui