Major Antônio Roberto comanda interinamente o 26º Batalhão (Fabrício Morais/Gazeta Guaçuana)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O comandante interino do 26º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), Major Antônio Roberto Catossi Júnior, se manifestou sobre a morte do policial militar Alan de Souza Melo, assassinado em Itapira na madrugada do dia 29 de julho.

“Perdemos mais um herói e isso não tem mais volta. Um herói que cumpriu o juramento de sacrificar a própria a vida para proteger as pessoas. O que nos restou foi amparar a família neste momento de perda do jovem policial militar e pedir a Deus que conforte o coração de todos”, disse o comandante em nota divulgada à imprensa na última quinta-feira (1).

O oficial também aproveitou para manifestar gratidão aos demais policiais do 26° BPM/I “que, cumprindo a lei, agiram com maestria nas diligências e prisões dos facínoras que ceifaram a vida de nosso irmão, demonstrando trabalho em equipe, profissionalismo e solidariedade”.

“Agradeço também o apoio dado pelas Guardas Civis Municipais de Itapira e Mogi Guaçu e à Polícia Civil de Itapira pela presteza neste momento de dor. É uma honra pertencer a esta comunidade para a qual trabalho. Ao Soldado Melo rendo minhas homenagens, pois este, sim, representa-nos. Este, sim, é o verdadeiro herói da sociedade”, finalizou o comandante.

Melo estava nas dependências do Recinto Agropecuário quando se deparou com criminosos em tentativa de fuga após praticarem roubo a um malote da praça de alimentação do Itapira Rodeio Show. Ele deu voz de prisão aos bandidos e trocou tiros com eles, mas foi atingido pelas costas. Ao todo, sete pessoas foram presas acusadas de participação no crime.