Policiais com parte das drogas apreendidas no Jardim Magali
publicidade
Policiais com parte das drogas apreendidas no Jardim Magali
Policiais com parte das drogas apreendidas no Jardim Magali

A Polícia Militar (PM) estourou uma refinaria de drogas no final da manhã desta terça-feira (16) em Itapira.

Ao todo, foram apreendidos mais de 15 quilos de drogas, sendo 11,4 quilos de cocaína e 3,8 quilos de crack, além de quatro pistolas e munições de diversos calibres. Ninguém foi detido.

O caso aconteceu por volta das 10h30, depois que a PM recebeu denúncia anônima sobre movimentações estranhas em uma residência da Rua Amapá, no Jardim Magali. A suspeita é que a residência, que estava alugada, tenha sido escolhida justamente por estar localizada em uma via pacata e sem grande movimento de veículos e pessoas.

Pistolas também estavam na casa
Pistolas também estavam na casa

Ao menos três viaturas foram averiguar as informações. Os policiais Balbino, Santos, Emerson, Ferrari, Macedo e Sérgio fizeram o cerco à casa e perceberam que a porta frontal estava apenas encostada, e ainda do lado de fora já sentiram forte odor característico dos entorpecentes.

Os PMs invadiram a residência, mas não encontraram ninguém. A surpresa, porém, veio com a grande quantidade de drogas e outros produtos presentes no local. Em um dos quartos da casa, os policiais localizaram mais de 1.4 mil flaconetes e tubetes de cocaína; além de 10 tijolos da mesma substância, que ao todo pesou 11.451 quilos. Também foram localizados 3.870 quilos de crack embalados em sacolas.

Residência não despertavas suspeitas em via pacata
Residência não despertavas suspeitas em via pacata

No local também havia diversos objetos empregados na fabricação das drogas, como fogareiro, balança de precisão, máscara de oxigênio, rolos plásticos, liquidificadores e outros apetrechos, além de outra substância em pó, de cor branca, provavelmente utilizada na mistura das drogas.

Em outro cômodo da casa, os PMs encontraram três grandes galões com éter e três vidros com acetona.

Na casa, ainda foram encontradas quatro armas de fogo, todas do tipo pistola, sendo duas ‘9 milímetros’, uma calibre ‘380’ e, outra, ‘ponto 40’.

Ao vasculharem a moradia, os policiais também encontraram um documento de identidade do possível responsável pelas drogas, além de um contrato de locação do imóvel em seu nome.

O delegado Fernando Zucarelli Pinto foi ao local acompanhado de investigadores e determinou a realização de perícia na casa – procedimento feito pelo IC (Instituto de Criminalística) de Mogi Guaçu (SP). As drogas e objetos foram apreendidos na Delegacia. A Polícia Civil deverá investigar o caso.

Quantidade de drogas chamou atenção das autoridades
Quantidade de drogas chamou atenção das autoridades
Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui