Comércio abre durante a noite até dia 23
Publicidade - Anuncie aqui também!
Comércio abre durante a noite até dia 23
Comércio abre durante a noite até dia 23
Publicidade - Anuncie aqui

O aumento do movimento no comércio itapirense por conta das compras de fim de ano demandou atuação conjunta entre a PM (Polícia Militar) e a GCM (Guarda Civil Municipal).

Apesar das lojas terem iniciado o horário especial de funcionamento, até as 22h00, no último dia 7, desde o dia 4 deste mês o patrulhamento já foi reforçado na região central e demais conglomerados de estabelecimentos comerciais do município. “Foi realizada uma reunião entre os comandos da PM e da GCM e acertamos os detalhes da presença de nossas viaturas de forma intercalada na Rua José Bonifácio, onde ocorre a maior movimentação durante esse período”, comentou o comandante da 3ª Cia da Polícia Militar em Itapira, capitão Antônio Marcos Sanches de Toledo.

Além das unidades que permanecem estacionadas em cada cruzamento do principal corredor comercial do município, outras viaturas circulam pelas imediações, além do patrulhamento em bairros. De acordo com o secretário municipal de Defesa Social e diretor da GCM, Clayton Ribeiro, as equipes da corporação que estão de serviço durante o dia permanecem de plantão até o fechamento das lojas. “Enquanto isso, outra equipe que assume as atividades para o período noturno se encarrega do patrulhamento nas demais áreas da cidade”, informou.

Conglomerados comerciais existentes em bairros como Prados (na Avenida Brasil), Santa Cruz (Avenida Paoletti e Jacareí e adjacências), São Vicente (Rua da Penha) e Penha do Rio do Peixe (Rua Antônio Alves de Campo), por exemplo, também demandam atenção especial das autoridades. “Por isso, solicitamos apoio de equipes da Força Tática e da Rocam [Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas]”, frisou Sanches.

O capitão lembrou que algumas medidas de prevenção podem ser adotadas pelos transeuntes para evitar possíveis ações criminosas. “A orientação é para que os populares procurem ficar atentos, evitem andar com grandes valores e principalmente manusear esses valores na presença de estranhos no momento da compra”, sugeriu. Momentos de distração causados pelo uso constante do celular também podem servir como atrativos para investidas de pessoas má intencionadas. “Diante da desconfiança de alguma atitude suspeita ou alguma coisa errada, entre em contato com as autoridades”, finalizou o militar. A PM pode ser contatada pelo telefone 190, enquanto que a GCM atende pelo 153.