Publicidade - Anuncie aqui também!
Ponte ruiu e deixou dois feridos e um morto
Ponte ruiu e deixou dois feridos e um morto
Publicidade - Anuncie aqui

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as causas da queda de uma passarela de pedestres sobre o Ribeirão da Penha, na quarta-feira (19). O acidente causou a morte do montador Olivan Pereira da Silva, 33, e deixou outros dois trabalhadores feridos.

Todos os operários pertenciam a uma empresa terceirizada para realizar o serviço. A estrutura cedeu quando eles realizavam os reparos, e Olivan ficou preso entre as duas partes da ponte. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu minutos após dar entrada no Hospital Municipal.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), um laudo pericial do Instituto de Criminalística (IC) de Mogi Guaçu deverá ajudar a esclarecer o caso. O documento deve ficar pronto em 30 dias.

No dia da tragédia, a Prefeitura também informou que um procedimento administrativo será aberto para apurar possíveis responsabilidades no caso. A passarela que estava em reforma era a última de uma série de quatro que foram contratadas pela administração municipal.

O Ministério do Trabalho e Emprego também informou que pretende apurar o ocorrido. Depois do acidente, a Defesa Civil interditou outra passarela no município.

Ponte ruiu e deixou dois feridos e um morto
Ponte ruiu e deixou dois feridos e um morto