Inquéritos foram abertos na Delegacia de Polícia de Itapira (Paulo Bellini/ItapiraNews)

A Polícia Civil de Itapira já instaurou oito inquéritos para apurar casos relacionados a festas clandestinas e situações de aglomerações na cidade.

A medida representa uma resposta mais enérgica à falta de cumprimento das regras sanitárias de combate à pandemia em um momento no qual a cidade já ultrapassa a marca de 200 mortes devido ao coronavírus.

Os inquéritos têm por base relatórios feitos pelas equipes da GCM (Guarda Civil Municipal) durante fiscalizações e averiguações de denúncias acerca de eventos com grande quantidade de pessoas, muitos nos quais os responsáveis ignoraram os alertas sobre a proibição das aglomerações.

Segundo apuração do Itapira News, a Delegacia de Polícia deverá priorizar nos próximos dias a intimação das pessoas citadas nos inquéritos para que apresentem suas versões dos fatos. Os casos então devem ser encaminhados ao MP (Ministério Público) para adoção das medidas judiciais cabíveis.

Integrantes das cúpulas da Polícia Civil e da GCM e Secretaria Municipal de Defesa Social já haviam se reunido anteriormente e definido uma estratégia preliminar de orientação durante as fiscalizações, que acabou não surtindo o efeito desejado.

Por isso, agora, a adoção de medidas criminais devem se tornar mais presentes para inibir o desrespeito às regras do Plano São Paulo.

A reportagem apurou ainda que notificações prévias começarão a ser encaminhadas aos responsáveis por festas e eventos com aglomerações quando tais situações forem detectadas com antecedência, já alertando sobre as possíveis consequências.

Na última segunda-feira (31), o prefeito Toninho Bellini (PSD) também se reuniu com membros da Acei (Associação Comercial e Empresarial de Itapira) e pediu apoio no reforço às orientações sobre a necessidade do cumprimento das regras.

O prefeito garantiu que as ações de fiscalização pelas equipes da Vigilância Sanitária e Fiscalização de Posturas também estão sendo intensificadas e que as autuações serão feitas a todos estabelecimentos que forem flagrados desrespeitando qualquer uma das regras da fase vigente.

Publicidade - Anuncie aqui