Publicidade - Anuncie aqui também!
Novos sargentos atuarão em todo o Estado (Rodrigo Paneghine)
Novos sargentos atuarão em todo o Estado (Rodrigo Paneghine)
Publicidade - Anuncie aqui

A Polícia Militar formou, no dia 30 de janeiro, 921 sargentos de 3ª classe que atuarão em todo o Estado de São Paulo.

Os policiais, que eram cabos, concluíram o Curso Superior de Tecnólogo em Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública e foram promovidos à patente de sargentos.

Entre eles está o itapirense Rafael Lima, que retorna ao policiamento do município após passar sete meses no curso de formação ministrado na capital. “Estes sargentos têm a importante missão de liderar as tropas da PM, para que a corporação continue a promover a segurança pública e a ordem no nosso estado”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes.

Os formandos – 847 homens e 47 mulheres – passaram pelos sete meses de curso que começou em julho do ano passado e foi dividido em três grandes módulos: áreas de conhecimento geral, jurídica e profissional. Nas 1.055 horas de aulas foram aplicadas 29 matérias.

Entre as disciplinas, os policiais cursaram Direito Penal, Direitos Humanos, Inteligência Policial, Doutrina de Polícia Comunitária, Gerenciamento de Crises, Ética e Educação Institucional, Defesa Pessoal e Tiro Defensivo na Preservação da Vida ‘Método Giraldi’.

Além das aulas teóricas, ao longo do curso, os novos sargentos também participaram de palestras, treinamentos e estágios operacionais. O efetivo de novos sargentos será distribuído para Capital, Grande São Paulo e interior. Desde 2000, a PM paulista formou 10.004 sargentos.