Galpão foi descoberto por policiais em Mogi Mirim (Foto: Maria Clara Cunha Canto/Portal da Cidade Mogi Mirim)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Uma guarnição do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) descobriu na manhã desta segunda-feira (13) um galpão que vinha sendo utilizado como centro de falsificação de cervejas em Mogi Mirim.

No galpão localizado na altura do KM 154 da Rodovia Governador Dr. Ademar de Barros (SP-340) foram encontradas toda uma estrutura utilizada para a adulteração e engradados de marcas populares.

Os policiais desconfiaram da presença de três homens em frente ao imóvel e assim que se aproximaram notaram o trio empreendendo fuga em meio a uma plantação de cana-de-açúcar existente nas proximidades.

No local, foram encontradas diversas peças de caminhões possivelmente produtos de furtos. Numa averiguação mais detalhada num barracão ao lado, os integrantes do TOR verificaram a existência de milhares de garrafas utilizadas para o envase de cerveja, além de rótulos e tampas de marcas como Brahma, Skol e Antártica. Cinco pessoas acabaram presas na ação.

As buscas pelos envolvidos na primeira abordagem envolveram também equipes da Guarda Municipal de Mogi Mirim, Polícia Militar e Polícia Civil, além do reforço do helicóptero Águia da PM.

Em depoimento, os acusados de adulteração explicaram que o esquema consistia na compra de bebidas de marcas de menor valor e substituição dos rótulos e tampas pelo de marcas mais caras. A estimativa era de que o lucro na venda de cada caixa de cerveja adulterada era de aproximadamente R$ 60,00.