Capitão Marcos Sanches deixa Itapira após quase cinco anos à frente da 3ª Cia (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O comando da 3ª Cia da Polícia Militar em Itapira sofreu mudança na última semana, mais precisamente na quarta-feira (16). O capitão Antônio Marcos Sanches de Toledo deixou o comando do órgão, que passou a ser ocupado pelo tenente Fábio José Vieira.

Capitão Marcos Sanches, como é conhecido, se afastou do cargo após quase cinco anos à frente da corporação itapirense para um período de licença que será seguido pelo início de um curso necessário à sua promoção na carreira militar.

Antes desse período mais longo, o capitão já havia passado pelo município. O mesmo já ocorreu com o tenente Fábio, que atualmente trabalhava em Mogi Guaçu – mas que é natural de Itapira.

Ao assumir o comando da Polícia Militar na cidade, tenente Fábio disse ao Itapira News que a ideia é manter o bom trabalho desenvolvido por Sanches, em especial no estreitamento das relações com a comunidade.

Tenente Fábio assumiu o comando da Polícia Militar em Itapira (Leo Santos)

“O trabalho é de continuidade de tudo o que deu certo, sempre visando a segurança pública e o bem estar da sociedade. Vamos continuar contando com o importante apoio da população, principalmente com relação às denúncias. Vamos sempre trabalhar para melhorar os índices”, resumiu.

Capitão Marcos Sanches também falou com a reportagem e comentou sua saída. “Fiquei muito satisfeito por ter tido a oportunidade de trabalhar em Itapira, onde pude conhecer pessoas e fazer amigos. Foi uma oportunidade ímpar de amadurecer como policial militar, executando a missão precípua da corporação que é o policiamento ostensivo no posto de capitão, o que me permitiu também a chance de trabalhar com excelentes policiais”, destacou.

“Não citarei nomes para não cometer nenhuma injustiça, mas esses profissionais me trouxeram grande aprendizado prático no que se refere ao contato com a população e o comando de uma companhia de policiamento territorial”, frisou.

Ele lembrou ainda o bom relacionamento com os membros do CONSEG (Conselho Comunitário de Segurança), “que muito contribuíram pra que as demandas da população de Itapira chegassem a nós”. “E não posso deixar de destacar o importante apoio que tive do poder público municipal que sempre contribuiu com nossos trabalhos, inclusive com o tão importante apoio dos colegas de farda da GCM (Guarda Civil Municipal), que além de nos apoiar nos momentos difíceis permitiram um forte entrosamento nas ações de policiamento ostensivo e combate ao crime na cidade”, frisou.