Jurandir faleceu aos 52 anos (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Foi confirmado no último domingo (5) a morte do escrivão da Polícia Civil Jurandir Barbosa, de 52 anos. O servidor público estadual lutava contra um câncer.

Bastante conhecido nos meios policiais, onde colecionou inúmeros amigos e companheiros de trabalho, Jurandir Barbosa trabalhou por vários anos na Delegacia de Polícia de Itapira.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Mais recentemente estava lotado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) em Mogi Guaçu. Ele residia em Mogi Mirim e também nutria grande paixão pelo esporte, especialmente na prática de corridas.

Segundo informações, ele estava internado no Hospital do Servidor, em São Paulo. Seu corpo foi sepultado na manhã desta segunda-feira (6) em Mogi Mirim.