Policiais fizeram escola de órgãos até aeroporto (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Polícia Militar paulista realizou, na última terça-feira (21), a escolta de três órgãos para serem transplantados.

Eles abriram caminho para o transporte de um coração, um pulmão e um fígado que eram destinados a pacientes na capital paulista e em outras duas cidades do interior do Estado.

O trabalho foi feito pelas equipes das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) e do Rádio Patrulhamento com Motocicletas (RPM), do 18º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I),

A primeira escolta ocorreu por volta das 9h30. Os PMs partiram do Hospital Regional de Presidente Prudente até o aeroporto transportando um coração.

O órgão seguiu em uma aeronave com destino ao Instituto do Coração (Incor), na capital paulista.

Um pouco mais tarde, às 12h10, os policiais voltaram ao Hospital Regional para apoiar o traslado de um pulmão, que seguiu em uma aeronave até São José do Rio Preto.

Por fim, a equipe da PM auxiliou no transporte de um fígado que seguiu para a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Publicidade - Anuncie aqui