Polo Astronômico de Amparo tem novo equipamento aberto ao público (Carlos Mariano/Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O Polo Astronômico de Amparo (SP) já dispõe do novo telescópio refletor de 650mm de abertura – o maior do Brasil destinado à divulgação astronômica e regularmente aberto ao público.

O instrumento, em funcionamento a partir deste mês de julho, é o que melhor oferece condições de observação de objetos celestes em todo Estado de São Paulo.

Há apenas outros dois telescópios em operação no país que superam o alcance óptico do recém-instalado no Polo Astronômico de Amparo. Eles ficam no Observatório Astrofísico Brasileiro, em Brasópolis (MG), e no Observatório Nacional, em Itacuruba (PE).

Ambos são exclusivamente voltados para pesquisas, sem que os visitantes possam utilizá-los para a observação do céu. O diretor do Polo Astronômico de Amparo, Carlos Eduardo Mariano, explica que o equipamento é o diferencial que consolida a unidade astronômica do interior paulista como uma das melhores infraestruturas do Brasil para a visitação.

“Basicamente os telescópios são equipamentos que coletam luz e fornecem imagens ampliadas de objetos distantes. Alguns utilizam apenas lentes, como os refratores ou lunetas astronômicas. Outros funcionam por meio da combinação de lentes e espelhos especiais, são os telescópios refletores, como é o caso do novo instrumento em funcionamento no Polo de Amparo”, explica.

O equipamento tem como componente óptico principal um espelho parabólico com 650mm de diâmetro, capaz de coletar cerca de 14.000 vezes mais luz se comparado ao olho humano. “Isso o qualifica para a observação de milhões de objetos celestes muito pouco brilhantes, como estrelas, nebulosas e galáxias, que não são visíveis a olho nu”, observa o professor Carlos Mariano.

O espelho parabólico funciona como o ‘olho do telescópio’, que oferece um poder de resolução muito superior do que a nossa visão. “Quanto maior o espelho principal de um telescópio refletor, maior será sua capacidade de separar pontos próximos entre si. Isso é importante para a observação de detalhes na superfície da Lua e dos planetas, por exemplo”, acrescenta o diretor do Polo Astronômico de Amparo.

Equipamento é um dos únicos no país (Divulgação)
  • Período ideal para conhecer o telescópio

Costumeiramente, as típicas noites de Inverno dos meses de julho, agosto e setembro são de céu limpo, propícias para observação no Polo Astronômico de Amparo. O espelho principal instalado no novo telescópio fornece as imagens, que ampliadas pela lente ocular, as tornam muito mais brilhantes para o público.

A Lua e os planetas Vênus, Marte, Júpiter e Saturno – os dois últimos bem visíveis durante o período – são apenas algumas possibilidades que podem ser vistas no novo telescópio refletor de 650mm de abertura em operação em Amparo.

Imagens em alta resolução da superfície lunar, detalhes da atmosfera de Júpiter, como suas faixas escuras e a grande mancha vermelha, e os belíssimos anéis de Saturno se transformam em um “presente” para os olhos. Nas noites de céu limpo e sem luar também se pode ver pelo telescópio objetos fora do Sistema Solar, como aglomerados de estrelas, nebulosas e galáxias do chamado “céu profundo”.

  • Observatório modelo e de estrutura diferenciada

O Polo Astronômico de Amparo tem uma estrutura única e diferenciada. Além do mais novo telescópio em funcionamento, o complexo reúne outros equipamentos, todos disponíveis durante as sessões públicas, aos sábados, e às visitas escolares previamente agendadas.

A unidade astronômica conta é equipada com mais três telescópios refletores de 360mm, 340mm e 20mm de abertura, um refrator de 150mm e ainda dois instrumentos para a observação solar. Também faz parte do aglomerado astronômico um moderno Planetário Digital montado em uma ampla sala de projeções com domo de oito metros. O local é usado para simulações de céu estrelado e projeções hemisféricas com alto grau de imersão.

Polo fica em localização propícia para observação astronômica (Divulgação)
  • Complexo fica em região privilegiada e fácil de chegar

O Polo Astronômico, construído em 60 mil metros quadrados, às margens da Serra da Mantiqueira, foi inaugurado em setembro de 2015 em uma área privilegiada a cerca de 1.000 metros de altitude.

A região é livre de qualquer tipo de poluição luminosa direta. Por meio de uma lei municipal, todo o arredor do complexo foi declarado “Sítio para Observações Astronômicas”. A intenção é coibir a presença de luz artificial que possa atrapalhar as atividades.

O observatório está localizado a 15 minutos do perímetro urbano de Amparo, com acesso no km 29 da Rodovia Benevenuto Moretto (SP-095), que liga Amparo a Bragança Paulista, bairro do Sertãozinho. As sessões publicas acontecem todos os sábados, das 19h às 22h, com ingresso a R$ 30 e R$ 15 para estudantes, com carteirinha, idosos e professores.

Durante a semana são realizadas sessões especiais para grupos escolares e de outros segmentos previamente agendados. O complexo ainda conta com estacionamento gratuito e completo serviço de lanchonete. Informações podem ser obtidas pelo site www.poloastronomicoamparo.com.br.