Bruno Covas faleceu aos 41 anos (Divulgação/Governo SP)

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu às 8h20 deste domingo (16), aos 41 anos.

Vítima de câncer, ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com quadro irreversível, segundo divulgado pela equipe médica na sexta-feira (14).

Desde 2019, o político lutava contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado.

Covas estava internado desde o dia 2 de maio, quando se licenciou da prefeitura paulistana.A morte foi confirmada em nota divulgada pela administração da cidade.

“O prefeito de São Paulo Bruno Covas faleceu hoje às 08h20 em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações após longo período de tratamento”, confirmou o texto.

Nas últimas horas de vida, o prefeito recebeu sedativos e analgésicos para não sentir dores. Familiares e amigos de Covas permaneceram no hospital desde que os médicos informaram que seu quadro de saúde era irreversível.

Publicidade - Anuncie aqui