Nova unidade fica na Rua Milico, no Cubatão (Divulgação/Prefeitura)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Prefeitura confirmou para a próxima sexta-feira (30) a inauguração da Creche-Escola ‘Irmã Maria das Mercês’, no Cubatão. A solenidade está confirmada para as 10h00 na Rua Milico, 402. Esta será a terceira creches-escola a ser inaugurada no município. Já estão em funcionamento as unidades do Parque Felicidade (‘Wilma de Toledo Barros Munhoz’), aberta em março deste ano; e a do Loteamento José Tonolli (‘Carmella Faria Sartori’).

Outras duas unidades seguem em construção – uma no Flávio Zacchi e outra no distrito de Barão Ataliba Nogueira. Segundo apurado pela reportagem, a nova creche-escola deverá receber as crianças da atual creche de mesmo nome, que será desativada para reforma. Inicialmente, cerca de 70 alunos deverão iniciar as atividades na nova unidade.

A mesma situação ocorreu com a unidade do Parque Felicidade, que absorveu a demanda da antiga creche dos Prados. A solenidade de inauguração deverá receber autoridades locais e estaduais, como o prefeito José Natalino Paganini (PSDB), a secretária municipal de Educação, Nadir Martins da Silva Lavoura e o deputado estadual José Antônio Barros Munhoz (PSDB). Fruto de parceria entre as secretarias estaduais de Educação e de Desenvolvimento Social, o programa Creche-Escola tem por objetivo auxiliar os municípios e aumentar o número de vagas na Educação Infantil, por meio de convênios firmados com as prefeituras das cidades paulistas.

Na iniciativa, a Educação fica responsável por repassar os valores financeiros e acompanhar o andamento das construções. Já as prefeituras devem apresentar o terreno, realizar a licitação e condução dos serviços. As unidades contam com berçários, fraldários, lactários, refeitórios e toda a infraestrutura necessária para atender crianças entre zero e seis anos. Em Itapira, a construção de cada uma das cinco creches tem investimento aproximado de R$ 1,5 milhão. As unidades foram conquistadas pelo município após gestão do deputado Barros Munhoz junto ao Governo do Estado.