Aeronave caiu em Campos do Jordão depois de sair de Itapira (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O prefeito José Natalino Paganini (PSDB) decretou luto oficial de três dias em Itapira, a contar deste sábado (24), em razão do trágico acidente aéreo que tirou a vida de seis pessoas que estavam a bordo de um helicóptero do Laboratório Cristália.

A aeronave prefixo PT-FPS caiu em uma área de mata na Serra da Mantiqueira, em Campos do Jordão, cidade destino da viagem. O helicóptero estava desaparecido desde o final da manhã, depois que decolou de Itapira, mas não chegou ao destino.

Infelizmente nenhuma das seis pessoas que ocupavam a aeronave sobreviveu à queda. Estavam a bordo a vice-presidente do Conselho do Cristália, Kátia Stevanatto Sampaio, e seu esposo Paulo Sampaio, além do marceneiro Ronoel Scholl e a arquiteta Letícia Telles.

O helicóptero era pilotado por Antônio Landi Neto, que tinha como co-piloto Juliano Martins Perizato. As causas do acidente ainda serão investigadas. Sabe-se, porém, que chovia na hora da queda e havia muita neblina na região. Um dispositivo acionado quando há impacto e que emite sinais de rádio levou as equipes até o local.

Publicidade - Anuncie aqui