Reunião definiu detalhes pra operações de fiscalização (Divulgação)

A Prefeitura de Itapira informou que as equipes de fiscalização estarão empenhadas durante a vigência do chamado ‘lockdown noturno’ para fazer valer as regras do novo decreto.

“As equipes atuarão em conjunto em diversos pontos da cidade para averiguar qualquer tipo de descumprimento das medidas de restrições”, disse o prefeito Toninho Bellini (PSD).

As estratégias da força-tarefa de fiscalização foram discutidas na tarde de sexta-feira (18) em reunião do prefeito com autoridades da GCM (Guarda Civil Municipal) e da PM (Polícia Militar), além de representantes da Divisão de Fiscalização de Posturas e da Vigilância Sanitária.

O período começa neste sábado (19) e segue até dia 30 de junho, pelo menos. Até lá, as atividades comerciais e serviços, com exceção de farmácias e postos de combustíveis, deverão encerrar suas atividades presenciais às 19h00, podendo retornar somente após 5h00.

Nesse intervalo de tempo, o atendimento de bares, lanchonetes e restaurantes, por exemplo, somente pode acontecer em sistema de entrega em domicílio (delivery).

As restrições atingem também as lojas de bebidas (beers), lojas de conveniências, trailers e similares, além de supermercados, academias, salões de belezas, barbearias e atividades culturais e religiosas.

A comercialização e o consumo de bebidas alcóolicas em locais públicos, fechados ou abertos também fica vetada durante o ‘lockdown noturno’. “A circulação de pessoas também fica restrita após as 19h00, exceto para questões de trabalho e assistência à saúde”, diz nota da Prefeitura.

“Durante o horário permitido de funcionamento, a capacidade máxima de ocupação dos estabelecimentos de toda as categorias é de 40% com aplicação de protocolos sanitários rigorosos”, complementa o texto.

Publicidade - Anuncie aqui