Reunião envolveu dirigentes de diversos setores da municipalidade (Divulgação)
publicidade

Uma reunião entre representantes de diversos setores da Prefeitura, juntamente do prefeito José Natalino Paganini (PSDB), discutiu na última semana estratégias para coibir de forma mais eficiente o descarte irregular de entulho vegetal – prática comum verificada em diversos pontos da cidade.

O encontro teve a presença de dirigentes do Departamento de Fiscalização de Posturas, da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e da Guarda Civil Municipal. Durante a reunião ocorrida na semana passada foram discutidas medidas para uma fiscalização mais rígida e consequente punição aos infratores.

“Existe um cronograma de retirada de entulhos vegetais e toda a logística da Prefeitura para a execução desse serviço é baseada nesse cronograma. Houve uma ampla divulgação, inclusive com entrega do calendário casa a casa, e mesmo assim algumas pessoas não estão cumprindo o estabelecido”, lamenta Paganini.

De acordo com ele, a ação fiscalizatória será permanente com foco na identificação e punição dos responsáveis por descarte irregular de entulhos vegetais fora do prazo estipulado no cronograma de retirada.

Segundo a Prefeitura, para a criação da programação de retirada, a área urbana da cidade foi dividida em sete setores. Cada um deles é visitado uma vez a cada sete semanas e a população deve depositar na calçada, sempre no sábado e no domingo anteriores ao início do cronograma naquele setor, os entulhos vegetais (sofás, colchões, podas de árvores, madeiras, armários, etc).

Ao longo da semana, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos faz a remoção e destinação correta de todo o material. “As pessoas não estão acompanhando esse cronograma e estão colocando o material na rua de forma desordenada e fora do prazo. Estamos intensificando a divulgação das datas corretas e, em seguida, faremos a fiscalização com autuação e aplicação de multa dos casos irregulares”, enfatiza o prefeito.

Os bairros Barão Ataliba Nogueira, Eleutério, Ponte Nova e também a Zona Rural são atendidos através de registro no SAC da Prefeitura pelo telefone 156, pelo site www.itapira.sp.gov.br/sac ou pelo aplicativo Itapira Oficial. Eles não entraram no cronograma devido à demanda menor.

Vale lembrar que a Prefeitura não retira entulhos de construção civil. Nestes casos, o responsável pela obra deve fazer a contratação de serviços especializados para limpeza. Depósitos irregulares em calçadas e vias públicas também são fiscalizados com autuação e aplicação de multa. O cronograma pode ser consultado em: https://tinyurl.com/yy6juasr.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui