Selma relembra emoção em ter sido a primeira pessoa a ser vacinada em Itapira (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade

A manhã desta sexta-feira, dia 21 de janeiro de 2022, assinala o aniversário de um ano da primeira aplicação em Itapira de uma vacina contra o coronavírus.

A dose inaugural foi ministrada na manhã do dia 21 de janeiro de 2021 no Hospital Municipal de Itapira.

A técnica de Enfermagem Selma Helena Teodoro, hoje com 51 anos de idade, foi a primeira a receber o imunizante Coronavac, seguida por dois médicos e um técnico em radiologia.

Atuando na linha de frente dos profissionais de Saúde contra a Covid-19 nos momentos mais duros da pandemia, ela lembra da emoção vivenciada naquela data.

“Foi uma época muito difícil, quando eu chegava em casa ia correndo me desinfetar. Quando recebi o convite para ser uma das primeiras pessoas a receber a vacina, fiquei muito emocionada. Eu não parava de chorar, minha família toda ficou muito feliz”, conta Selma.

Selma foi a primeira pessoa a ser vacinada em Itapira (Paulo Bellini/Itapira News)

Há 16 anos trabalhando no Hospital Municipal de Itapira, ela destaca que o avanço da vacinação foi responsável por mudar o panorama da doença na cidade. Atualmente, apesar da alta de contágios, há poucas pessoas internadas e com complicações severas provocadas pelo vírus.

“Hoje as infecções acontecem de uma forma mais branda, diferente de como era no ano passado. É claro que ainda é preciso usar máscaras e álcool em gel, manter o distanciamento, mas a vacina realmente mudou o cenário”, completa.

Agora já vacinada com as três doses, Selma não atua mais na linha de frente, no atendimento direto aos pacientes contaminhados. Atualmente ela está na área de coleta de exames e realização dos testes.

No mês que vem, a profissional inicia o curso para se tornar Enfermeira. “Sempre tive vontade de fazer faculdade, mas durante esse tempo que fiquei trabalhando na linha de frente tive ainda mais certeza”, concluiu.

  • Evolução da vacinação 

Selma foi a primeira de 63.907 pessoas que já foram vacinadas contra o coronavírus na cidade com pelo menos a primeira aplicação de um dos quatro imunizantes aplicados no Brasil: AstraZeneca, CoronaVac, Janssen e Pfizer.

Desses, 59.313 receberam a segunda dose, o equivalente a 78,8% da população e 23.357 já estão imunizados com a terceira dose, referente a 35% do total de habitantes em Itapira.

Mesmo diante de mutações mais transmissíveis do coronavírus e aumento no número de casos, o avanço da vacinação em Itapira reduziu drasticamente tanto as internações quando a mortalidade relacionada à doença.

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui