Problemas no condomínio foram verificados in loco (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Conforme já havia sido acordado em reunião recentemente, uma comissão formada por representantes da Prefeitura, Caixa Econômica Federal, Construtora Riwenda, Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e Câmara Municipal promoveram na quinta-feira (27) a visitação a todos os dez blocos de apartamentos do Condomínio Residencial Morada Nova, no bairro José Tonolli.

A comitiva permaneceu no local ao longo de toda a manhã e verificou e documentou todos os problemas apontados pelos moradores. O grupo formado principalmente por engenheiros da Caixa, Riwenda, Saae e Prefeitura constatou a necessidade da realização de diversas intervenções, mas estabeleceu que para apontar as devidas responsabilidades para que os devidos responsáveis arquem com os reparos necessários. O documento deverá indicar o que é de responsabilidade do agente financiador, da construtora executora da obra e dos próprios moradores em razão da falta de manutenção.

A data para apresentação deste relatório ainda não foi estabelecida, mas a previsão é de que seja apresentado dentro de mais algumas semanas. Mas inicialmente ficou constatada a existência de diversos pontos de infiltração nos imóveis com origem tanto no telhado quanto nos banheiros dos apartamentos. Os sistemas de gás e esgoto passarão por vistorias para que possíveis falhas possam ser identificadas.

A Secretaria Municipal de Promoção Social também irá atuar junto ao condomínio oferecendo apoio à sua reestruturação administrativa. A pasta oferecerá apoio na nova formatação que definiu que cada um dos blocos passará a ser administrado de forma independente, tendo os próprios moradores de cada um deles como representantes diretos.