Consumidores já em busca dos ovos de chocolate (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Antes mesmo do carnaval, a presença dos ovos de chocolates nas lojas especializadas e gôndolas de supermercados já chamava a atenção dos consumidores.

Agora, com o fim da folia, a expectativa do setor é que a procura, que já vem sendo alta, se converta ainda mais em vendas.

Embora ainda falte mais de um mês para a Páscoa, já tem muita gente visitando as prateleiras para conhecer as novidades e se programar para as compras.

“As pessoas estão se antecipando para conhecer as novidades. Quem compra agora, geralmente é para consumo próprio. Depois vem as compras dos ovos para dar de presente”, comenta Amanda Altafini, da Cacau Show de Itapira.

De acordo com ela, como já ocorre tradicionalmente, a empresa tem diversas novidades, com sabores diferenciados e opções exclusivas para a época pascoal – entre elas um ovo gigante com 7 quilos. “Sempre tem algo novo, como ovos com brinquedos para as crianças, por exemplo”, frisa.

Na Cacau Show tem até ovo gigante (Paulo Bellini/ItapiraNews)

No Antonelli Supermercados, a variedade de ovos de chocolate também é tão grande quanto a procura. “Desde a semana passada já disponibilizamos as opções aos nossos clientes. Já houve muitas vendas, mas por enquanto de ovos menores”, afirma o gerente comercial André Antonelli.

Ele também confirma que o perfil do consumidor, neste momento, aponta para a pesquisa dos preços e planejamento para as compras principais nos dias que antecedem a Páscoa. De acordo com ele, a cultura de deixar para a última hora ainda se mantém, mas quem deseja garantir ovos de marcas já consolidadas devem ficar atentos.

“Sempre tem alguns que são os mais procurados, e esses costumam acabar antes”, indica. Antonelli também destaca a grande variedade de opções destinadas ao público infantil e também de sabores alternativos. “Tem pelo menos dez lançamentos para a criançada e também há opções como chocolate meio amargo ou zero lactose”, conclui.