Rogério Oliveira registrou ocorrência de dano ambiental (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Patrulha Ambiental de Itapira flagrou uma situação de descarte irregular de produtos químicos na Rodovia SP-147 (Itapira-Lindóia), mais precisamente na altura do KM 33,5.

A ocorrência foi registrada depois que o órgão recebeu denúncia sobre a presença de materiais de origem hospitalar em uma área verde próxima à pista. As informações também foram encaminhadas à Defesa Civil.

Ao vistoriar o local indicado, os agentes se depararam com uma grande quantidade de galões e frascos contendo um líquido utilizado na revelação de radiografias. Ao buscar pistas nas embalagens, o chefe da Patrulha Ambiental, Rogério Oliveira, descobriu que o material havia sido retirado de um estabelecimento hospitalar em Lindóia (SP).

Produtos foram recolhidos (Divulgação)

Os agentes foram ao local e descobriram que os produtos haviam sido coletados por uma empresa supostamente especializada na remoção e destinação desse tipo de produto, que na verdade, depois de sair do estabelecimento, prestou um grande desserviço ao meio-ambiente, descartando os produtos às margens da rodovia.

O estabelecimento ficou responsável por novamente dar a destinação adequada dos produtos recolhidos pela Defesa Civil e pela Patrulha Ambiental. Já a empresa que deveria ter feito o serviço corretamente foi identificada e deverá ser autuada civil e criminalmente por dano ambiental na forma da legislação em vigor.