Apresentações do Balangandã acontecem na próxima terça-feira (Paulo Bellini/Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O Projeto Balangandã fará uma incursão por três instituições que atendem idosos em Itapira. O ciclo de apresentações, batizado de Projeto Balangandã – Mais Música começa na terça-feira, dia 2 de julho, passando pelo Lar São Vicente de Paulo (8h30), Centro Dia do Idoso (9h30) e Casa de Repouso Allan Kardec (10h30).

A proposta prevê apresentações dos grupos de Canto Coral para os idosos atendidos nesses locais, com duração aproximada de trinta minutos. “Normalmente são entidades um pouco carentes desse tipo de atividade cultural, então nossa ideia é levar o Canto Coral para esse público”, comenta o coordenador administrativo do Balangandã, Paulo Bazani.

As apresentações são destinadas especificamente aos idosos abrigados nas casas de repouso, mas os visitantes que estiverem nas instituições no momento das apresentações também terão a oportunidade de conferir um pouco do trabalho desenvolvido pelo projeto.

Cada uma das apresentações envolverá cerca de 30 alunos das turmas de Canto Coral do Balangandã, cujas idades variam entre 8 e 18 anos, sob o comando da professora Letícia Fernandes. Posteriormente, a intenção é promover as apresentações desse tipo também em outras instituições do município.

  • SOBRE O PROJETO BALANGANDÃ

Com patrocínio das empresas Laboratório Cristália e Haes Confecções por meio do PROAC (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo), o Projeto Balangandã oferece atividades gratuitas de Canto Coral e Musicalização, além de manter um polo do Coro para adultos na entidade CAHEK (Casa dos Amigos ‘Helen Keller’), que atua no suporte a deficientes visuais.

“O objetivo geral do projeto é estimular potencialidades de cada indivíduo, proporcionando vivências por meio de práticas musicais e corporais que buscam o resgate e a continuidade de brincadeiras e músicas, apropriando-se principalmente do repertório da cultura da infância e do folclore brasileiro”, explica a professora Letícia Fernandes.

As atividades podem ser acompanhadas pelas redes sociais – página oficial no Facebook (www.facebook.com/projetobalanganda) e pelo Instagram (@projetobalanganda). Mais informações também podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone/WhatsApp (19) 9.8110-8181.