Projeto Coreto prossegue no Parque Juca Mulato (Arquivo/Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui
via Megaphone Cultural

A Casa das Artes de Itapira dá início, neste domingo (26), à nova edição do Projeto Coreto, evento que tem por objetivo oferecer apresentações musicais de qualidade ao ar livre, promovendo o acesso à cultura e formando público principalmente para a música instrumental. A primeira atração fica por conta da Banda da Casa das Artes, que reúne alunos e professores da própria instituição que coordena o evento.

As edições são mensais, sempre aos domingos, no Coreto do Parque Juca Mulato e com início às 10h00. A classificação etária é livre e aberta ao público em geral. No último dia 16, o maestro César Lupinacci, diretor artístico da Casa das Artes e coordenador do Projeto Coreto, se reuniu com o secretário municipal de Cultura e Turismo, Tiago Fontolan, e com o diretor da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Ricardo Pecego, para definir detalhes da parceria com a administração, que permite a utilização do espaço público para as apresentações.

Em contrapartida, a Casa das Artes realiza o evento de forma autônoma e sem qualquer custo para o município. Agora, a equipe da instituição trabalha na definição das demais atrações e fechamento da agenda, que em breve será completamente divulgada. O Projeto Coreto é realizado desde 2014, cumprindo também o objetivo de resgatar a presença familiar ao Parque Juca Mulato, tido como o principal cartão postal de Itapira.

As atividades da Casa das Artes, incluindo o Projeto Coreto, contam com o apoio do ProAC-SP (Programa de Ação Cultural de São Paulo) e do Ministério da Cultura do Governo Federal por meio do patrocínio das empresas parceiras Micropack, Laboratório Cristália e Sogefi Group. A associação cultural sem fins lucrativos conta ainda com a assessoria da Direção Cultura. Mais informações pelo site www.casadasartes.art.br ou pelo telefone (19) 3863-0032. A Casa das Artes de Itapira funciona à Rua Campos Salles, 4, no Centro.