publicidade - anuncie aqui

A CSP (Comissão de Segurança Pública) da Câmara dos Deputados aprovou um PL (Projeto de Lei) determinando que as investigações sobre o desaparecimento de pessoas tenham início imediatamente após a comunicação às autoridades e que sejam realizadas até a efetiva localização da pessoa.

Apresentada pelo deputado Lázaro Botelho (PP-TO), a proposta insere a medida na Política Nacional de Busca de Pessoas Desaparecidas. Foi aprovado o parecer do relator, deputado Sargento Portugal (Podemos-RJ), favorável à medida.

“Sabemos que a investigação imediata é fator crucial para o sucesso da missão de encontrar a pessoa desaparecida. No entanto, ainda podemos perceber a cultura equivocada do esperar de 24 a 48 horas, muitas vezes disseminada até pelos órgãos estatais”, completou.

O deputado destacou números do Fórum de Segurança Pública que apontam que, no triênio 2019-2021, mais de 200 mil pessoas foram dadas como desaparecidas em registros de ocorrência em todo o país, mas apenas 112.246 foram localizadas.

Agora, a proposta será analisada em caráter conclusivo pela CCJ( Comissão de Constituição e Justiça) e de Cidadania antes de ir à votação em plenário.

Print Friendly, PDF & Email
Publicidade - Anuncie aqui