Erika Camilo atende gratuitamente em projeto social (Itapira News)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Devolver a autoestima às mulheres que passaram por cirurgias de remoção da mama em tratamentos contra o câncer de mama. Esse é o grande objetivo do ‘Cor é Vida’, projeto social lançado em Itapira pela esteticista Érika Camilo.

Na prática, o trabalho gratuito e voluntário, iniciado ainda em 2018, consiste na reconstrução das aréolas dos seios e dos mamilos por meio de uma técnica de micropigmentação em 3D.

O foco principal é em mulheres que perderam a aréola em cirurgias como a mastectomia, mas a iniciativa também abrange o desenho das sobrancelhas em mulheres que sofreram quedas de pelos por conta de quimioterapia, por exemplo, bem como a outras pacientes oncológicas.

“A ideia é ajudar as mulheres que perderam ou sofreram deformações nos seios a recuperarem a autoestima com o desenho realista das aréolas. Os resultados são impressionantes e realmente capazes de transformar a vida dessas pessoas”, comenta a profissional.

De acordo com ela, ideia surgiu ao se deparar com casos próximos de mulheres que passaram por procedimentos como a mastectomia na luta contra o câncer de mama. “Quem tiver interesse pode agendar diretamente comigo. Preciso, contudo, que a pessoa tenha uma autorização médica, pois é um procedimento feito com agulhas e pigmentos, tudo descartável e com registro na Anvisa”, destaca.

Segundo Erika, o atendimento é totalmente gratuito, independente da classe social da mulher, que deve ter no mínimo 18 anos. “É uma forma de contribuir, de ajudar o próximo, com um pouco do meu conhecimento, com o meu trabalho e com parte do meu tempo”, comenta a profissional que se especializou no segmento com uma das mais reconhecidas micropigmentadoras de aréolas do país – a campineira Ana Savoy.

Os custos com a realização de cada procedimento são absorvidos pela profissional, que busca apoio de empresas ou outros profissionais dispostos a auxiliar na manutenção do projeto. Além de atuar em sua clínica, localizada à Avenida Jacareí, 318, na Santa Fé, Erika também ministra aulas no Curso de Estética & Cosmética do CVT (Centro de Valorização do Trabalho).

Nesta semana, ela também comandará uma palestra e apresentará a técnica a alunos do UNIESI – Centro Universitário de Itapira. Os eventos acontecem na quinta-feira (31) e na sexta-feira (1) – neste dia aberto ao público.

Ainda segundo a profissional, é importante que a técnica de micropigmentação 3D não seja confundida com tatuagem. “São coisas distintas, embora tenham semelhanças em seus resultados”. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone/WhatsApp (19) 9.9157-7164 ou pela página oficial no Facebook.