Apresentações musicais foram bem avaliadas, mas público pequeno não ajudou entidade (Leo Santos/Megaphone)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Apresentações musicais foram bem avaliadas, mas público pequeno não ajudou entidade (Leo Santos/Megaphone)
Apresentações musicais foram bem avaliadas, mas público pequeno não ajudou entidade (Leo Santos/Megaphone)
Publicidade - Anuncie aqui

do Megaphone Cultural

Organizado para buscar recursos que ajudassem a suprir ao menos um pouco das grandes dificuldades financeiras da Uipa (União Internacional Protetora dos Animais) de Itapira, o concerto instrumental de violas ocorrido na sexta-feira (18) não conseguiu atingir seus objetivos.

O evento, abrigado no Clube da Saudade, teve como principal atração o Zé Guerreiro Quarteto, além de participações especiais do Grupo de Sax da Casa das Artes e da dupla Bola e Bia.

Entretanto, a expectativa de público superior a 100 pessoas acabou não se concretizando, e o público estimado em aproximadamente 60 pessoas infelizmente não resultou em qualquer aporte financeiro ao caixa da instituição. “Pelo contrário, saímos com mais dívidas, agora temos os custos do evento para pagar”, lamentou a presidente da Uipa, Maria Aparecida de Souza.

Da parte musical, contudo, o resultado foi “impecável”, segundo ela. “As apresentações foram maravilhosas, excelentes. Quem foi, adorou. Infelizmente não tivemos público suficiente. O evento foi bem divulgado, isso é falta de interesse do grande público mesmo”, resumiu. De acordo com Maria, o evento começou às 20h30 – com um atraso proposital de meia-hora pela esperança de que mais gente chegasse. Os ingressos foram vendidos a R$ 20,00, mas o valor arrecadado não foi capaz nem mesmo de cobrir os custos da produção. “Esperávamos ao menos pagar o décimo-terceiro dos funcionários e uma rescisão de uma funcionária que pediu demissão. Agora, ficamos ainda mais endividados”, revelou a presidente. Recentemente, a Uipa anunciou que não pretende mais acolher nenhum animal até que as dívidas sejam quitadas. Com pequeno repasse mensal do município, a receita da organização não é suficiente para as despesas gerada pelos mais de 100 animais abrigados atualmente.