Mercedes não foi levada por bandidos, que fugiram com caminhões
Publicidade - Anuncie aqui também!
Mercedes não foi levada por bandidos, que fugiram com caminhões
Mercedes não foi levada por bandidos, que fugiram com caminhões
Publicidade - Anuncie aqui

Uma quadrilha fortemente armada e possivelmente especializada em roubos de cargas agiu quase que simultaneamente na madrugada de quinta-feira (14), na rodovias  SP-352 (Itapira-Amparo) e SP-147 (Itapira-Lindóia).

Eles roubaram três caminhões, sendo dois deles carregados. As vítimas – quatro homens – sendo dois policiais militares aposentados, mais uma mulher e uma criança, foram rendidas enquanto trafegavam com seus respectivos veículos.

A primeira ação aconteceu aos 40 minutos, na altura do quilômetro 160 da Itapira/Amparo, próxima à Fundição Santa Clara. Dois policiais militares aposentados, de 57 e de 60 anos, ambos residentes em Araras, seguiam sentido a Amparo com o caminhão-guincho Volkswagen Delivery, placas ERN-5904.

Na carroceria do veículo havia um carro Mercedes-Benz, modelo CL 63 AMG, que foi descartado pelos bandidos. As vítimas tinham como destino a cidade de Curitiba (PR), onde fariam a entrega do veículo. Porém, no trecho citado, perceberam que uma pick-up Strada, cor escura, maiores dados não anotados, que seguia à frente do guincho, começou a reduzir a velocidade.

O carro parou, obrigando o condutor do caminhão a também frear. Dois homens saíram do veículo, ambos encapuzados, um com uma arma automática e, outro, com uma espingarda calibre 12. Uma terceira pessoa dirigia a Strada e não saiu do veículo. Os ladrões anunciaram o assalto, sendo que o homem que estava com a automática entrou na cabine, rendendo as vítimas.

Nisso, outro caminhão, um Iveco Tector, placas CUE-5801, que seguia logo atrás do guincho, também foi obrigado a parar. O ladrão que empunhava a calibre 12 se dirigiu ao veículo e rendeu o motorista, um homem de 42 anos morador em Piracicaba, que viajava sozinho com destino a Contagem (MG).

O ladrão também ingressou na cabine do caminhão e os motoristas do Iveco e do guincho foram obrigados a seguir viagem, obedecendo as coordenadas dos assaltantes, sempre seguindo a picape Strada.

Pouco tempo depois, por volta da 01h00, outro motorista de 47 anos, morador em Itamonte (MG), trafegava com o caminhão Volkswagen Autolife, placas AMD-7160, pela SP-147. Com ele viajavam sua esposa e o filho, de dez anos, que dormiam no momento da ação.

Ao atingir a altura do quilômetro 44, proximidades do almoxarifado municipal, o motorista também percebeu outra pick-up, cor escura, modelo Montana, maiores dados não anotados, também com três indivíduos em seu interior, que fez o mesmo procedimento dos outros ladrões, reduzindo a velocidade até fazer com que o motorista do caminhão parasse.

Aí, mais dois indivíduos desceram, sendo um com capuz e armado com automática, e outro sem capuz, cor negra, que empunhava uma espingarda calibre 12. O motorista também foi obrigado a seguir viagem, sendo levado até o quilômetro 158 da SP-352, onde já estavam as demais vítimas dos outros dois assaltos.

Enquanto alguns integrantes da quadrilha fugiam com os caminhões, outros permaneciam com as vítimas, que também tiveram seus pertences roubados. De um dos PMs aposentados, eles subtraíram R$ 2,5 mil e um revólver Taurus, calibre 38, municiado com seis cartuchos. Já do outro, foram levados R$ 500. Do motorista do Iveco, os assaltantes pegaram R$ 200 e; do caminhoneiro abordado na SP-147, R$ 300. As baterias dos telefones celulares das vítimas foram retiradas.

Elas só foram encontradas por volta das 4h30, quando a Polícia Militar recebeu um chamado de uma empresa de monitoramento, informando que o sistema de rastreamento do Iveco apontava que o veículo havia saído de sua rota, e que o último ponto de localização era o quilômetro 158 da SP-352.

Diversas viaturas foram para o local, encontrando as vítimas, que relataram o ocorrido e disseram que os ladrões haviam deixado aquele ponto havia cinco minutos. A carga do Iveco, de peças automotivas, estava avaliada em pouco mais de R$ 53 mil, enquanto que o Volkswagen levava cerca de R$ 25 mil em equipamentos diversos.

Os ladrões descarregaram o Mercedes no mesmo ponto em que abandonaram as vítimas, fugindo com os caminhões. Os PMs conduziram as vítimas até o plantão, onde prestaram depoimentos e registraram o boletim de ocorrência. A mulher e a criança foram acolhidas no alojamento da 3ª Cia da Polícia Militar para que pudessem descansar com segurança.

As vítimas precisaram entrar em contato com familiares, que vieram até o município para buscá-las. Investigadores da Polícia Civil, bem como o delegado Fernando Zucarelli Pinto deslocaram até o local em que as vítimas foram abandonadas em buscas de pistas que possam levar à quadrilha.