Parte da Encosta do Penhão foi consumida pelo fogo
Publicidade - Anuncie aqui também!
No Braz, área verde também foi queimada (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

Mais duas áreas verdes em Itapira foram atingidas por queimadas entre o final da manhã e o início da tarde desta quarta-feira (30). O tempo seco e o vento fizeram com que o fogo se propagasse rapidamente, bem como muita fumaça foi gerada e incomodou moradores próximos aos locais atingidos O primeiro caso aconteceu na região do Braz Cavenaghi, mais precisamente próximo à UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro.

As chamas atingiram uma área às margens da Rua Antônio Recchia e foram controladas pela Brigada de Incêndio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, que conseguiu apagar o fogo por volta das 13h30. Já na Penha do Rio do Peixe, uma queimada com proporções maiores atingiu parte da Encosta do Penhão. O fogo consumiu boa parte da vegetação e o combate envolveu equipes da Brigada de Incêndio e também da Defesa Civil.

Na última terça-feira (29), a encosta da Avenida Brasil no trecho entre a Curva do Coqueiro e a Rua Silvio Galizoni também foi parcialmente atingida por um incêndio. O casos de queimadas em áreas verdes são típicos desta época do ano, em que a estiagem e o calor favorecem o surgimento de focos tanto em áreas urbanas quanto na zona rural. Além do risco oferecido pelo fogo, a fumaça também contribui para a piora da qualidade do ar. A principal recomendação para evitar essas ocorrências é que não sejam atiradas pontas de cigarros acesas em áreas de mata ou mesmo vegetação rasteira. Em caso de incêndios provocados intencionalmente, caso sejam identificados os responsáveis poderão responder por delitos ambientais.

Equipes da Defesa Civil e da Brigada de Incênio têm muito trabalho para combater focos