Publicidade - Anuncie aqui também!
Excesso de velocidade será fiscalizado por radares (Arquivo)
Excesso de velocidade será fiscalizado por radares (Arquivo)
Publicidade - Anuncie aqui

A Secretaria Municipal de Defesa Social abriu licitação que prevê a contratação de empresa para administrar e operar a fiscalização eletrônica de velocidade nas vias do município. A intenção da administração já foi anunciada pelo Itapira News há um ano.

A atividade, que deverá ser feita com uso de radares, visa reduzir a imprudência de motoristas especialmente nas principais avenidas da cidade e que, por consequência, geralmente acabam em acidentes.

A contratação será feita na modalidade pregão, agendado para o próximo dia 23 na Secretaria Municipal de Recursos Materiais, à Rua João de Moraes, 580, ao lado do Paço. O procedimento tem início às 9h00, quando as empresas interessadas deverão apresentar a documentação pertinente e as propostas que serão classificadas mediante menor preço global.

O secretário de Defesa Social e diretor do Departamento de Trânsito, Clayton Ribeiro, afirmou que a fiscalização eletrônica de velocidade deverá começar, no máximo, em dois meses. “Após o pregão, existem os prazos legais para recursos e homologação, mas acredito que até o final de maio, mais tardar, começo de junho, o serviço já esteja operando”, disse.

O valor estimado do contrato, que deverá ser assinado, inicialmente, por 12 meses, é de R$ 1.524.267,50. A licitação prevê que a empresa seja especializada na prestação de serviços de “monitoramento eletrônico através de equipamentos de controle de velocidade, restrição veicular, classificação de veículos e de vídeo captura no sistema vário do município”.

Na prática, Ribeiro explicou que a vencedora da licitação deverá fornecer todo o aparato, com equipamentos e viaturas próprias e identificadas, além da mão de obra para execução e suporte do serviço. “A previsão é de dois radares móveis, mas existe a possibilidade de usar radares fixos também, principalmente em semáforos (que coíbem a passagem em sinal vermelho)”, frisou o secretário.

O edital prevê, por exemplo, a locação, implantação, manutenção e operação de radares de velocidade estáticos, portáteis (tipo pistola), fixos, implantação de sistema computacional em ambiente operacional, para processamento e controle de registros e sistema de georreferenciamento. “Nos últimos anos vêm aumentando consideravelmente a quantidade de acidentes, com e sem vítimas, em virtude dos excessos de velocidade e o desrespeito às leis de trânsito pelos condutores dos veículos que trafegam nas ruas e avenidas do município de Itapira. Portanto, a implantação dos equipamentos e soluções almejadas decorre da necessidade de aprimoramento e continuidade na adoção de medidas preventivas que visam fundamentalmente à obtenção de um trânsito em condições seguras, com a ampliação da sinalização e fiscalização rígida das vias públicas do município”, descreve o edital assinado por Ribeiro.

Segundo assinalou o secretário, os limites de velocidade e as vias que serão fiscalizadas eletronicamente estão em estudos. “Como exemplo, certamente vamos usar os radares em avenidas que se tornaram corredores em que os veículos circulam em alta velocidade, como nas avenidas Brasil, dos Italianos, Mário Covas, Getúlio Vargas, Fenízio Marchini, Ari Wilson Cremasco, Paulo Lacerda Quartim Barbosa, entre outras”, finalizou. O edital e seus anexos pode ser consultado no site www.itapira.sp.gov.br.